Ponto Solidário recebe as artesãs da reserva Amanã e Mamirauá – AM

[yframe url=’http://www.youtube.com/watch?v=EeOj8GY6_PI&feature=youtu.be’]

Foi uma tarde maravilhosa  ,conhecemos o Bruno da Fundação Amazonas Sustentável e as artesãs  das Reservas Amanã  e Mamirauá, Nice e Marilis.

Tanta coisas acontecendo , um país tão grande ….

A fundação criou um grande projeto de fazer com que os proprios moradores da Floresta fossem tb seus guardiões. È certo que sempre foram  mas, ter ao  lado  um projeto de grande porte , certamente dá coragem. É o oposto ao abandono.

O que poderiam fazer esses nativos ribeirinhos para deter , denunciar ou reagir contra a exploração criminosa de suas florestas , e de suas comunidades, corações  e vidas ?   Nada.

Agora, tem gente lá  apoiando e fortalecendo . e isso revigora as relações  e faz surgir um monte de outros movimentos e o mais valioso de todos – a  união e ainda…educação…saúde…. lideranças…

Fico contente porque as ações, uma aqui outra ali é que podem construir um mundo melhor e é bom saber delas e ainda melhor poder participar dentro no nosso Ponto Solidário.

Nosso projeto, Ponto Solidário, depende, no entanto, das pessoas . Nós, comercializamos os artesanatos de comunidades como essas, das reservas Amanã e Mamirawa. Praticamos um comércio justo e consciente, não o comercio do lucro. Nosso Ponto, quer dignificar as pessoas e suas culturas, quer que sejam valorizados pelo trabalho, que ser um ator e é,  para um mundo melhor. As vezes acho que as pessoas não acreditam nisso ou simplismente descreem de tudo e ja não acreditam mais.