Panela Moquequeira de Iguape

Diâmetro – 24 cms

Altura com tampa – 23 cms

 Iguape -Vale do Ribeira – SP 

As peças criadas hoje pelas artesãs ainda guardam a forma e a pureza do período colonial, quando ganharam toques das culturas africana e européia.São partes de um autêntico tesouro histórico. Não é preciso ser especialista em História da Arte Brasileira para notar a força da influência indígena nas panelas, travessas e potes pretos.

Primeiro, as mãos amassam o barro e modelam potes de diversos tamanhos, para depois fazer delicadas ranhuras perto da boca. As mulheres, então, deixam as peças secar de uma a duas semanas, antes de lixá-las com pedras brancas e pontiagudas. Só após todo esse processo é que as panelas podem ser colocadas em um forno à lenha para queimar. “A gente faz assim para que fiquem brilhantes”,
Por fim, cada peça é tingida com a tinta preta resultante do cozimento da casca do tronco de jacatirão, espécie nativa da Mata Atlântica,cuja extração não é autorizada se a árvore estiver viva. As artesãs tentam conseguir uma licença do governo estadual para obter a matéria-prima por meio de um processo sustentável: retirar apenas parte da casca do tronco ainda vivo e deixar que a planta se regenere. “Se não for retirada a casca toda, não há problema, a árvore não morre. Já tivemos de atrasar pedidos por falta de tinta”, revela Cecília

Peso3 g
Dimensões30 × 30 × 26 cm

QR Code

QR Code
Rolar para cima