Almanaque Brasil Socioambiental

Os livros que o Ponto Solidário oferece são relacionados com meio ambiente, sustentabilidade, sociologia, antropologia e cultura brasileira.

R$ 38,00

Esgotado

Organização: Beto Ricardo e
Maura Campanili
Editora Instituto Socioambiental
2007

É uma obra de fôlego que impressiona por vários aspectos, entre eles: a quantidade e qualidade das informações, a diversidade de temas abordados e o apuro no tratamento visual de suas 552 páginas. "Nosso objetivo é tentar entender o Brasil sob o ponto de vista socioambiental.

Para escrever os 85 verbetes organizados em 11 grandes capítulos temáticos, a equipe do ISA contou com a preciosa participação de 122 colaboradores como jornalistas, cientistas, técnicos e especialistas nas mais diversas áreas. O livro abre com Ambientes, que engloba as discussões sobre Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Pantanal, Pampa e Zona Costeira. A seguir foram elencadas as grandes questões socioambientais debatidas atualmente que ganharam os seguintes denominações: Diversidade Socioambiental, Florestas,
Água, Terras, Recursos Energéticos e Minerais, Mudança Climática, Cidades e Modelos de Desenvolvimento. Por fim, o livro inclui questões ligadas à legislação socioambiental e faz um levantamento dos principais fóruns e conferências mundiais.

Embora haja seções típicas de almanaque, como o já tradicional "Você Sabia?", a obra surpreende por trazer também bons artigos -
com idéias sólidas e bem alinhavadas . Uma boa sacada é a seção "Um Pé de Quê?", na qual - com um texto leve, mas bem informativo - são apresentadas as diversas espécies de árvores que compõem os biomas brasileiros. Algumas delas com certeza ainda desconhecidas do grande público.

O almanaque traz, ainda, muitos mapas, fotos, gráficos, tabelas, quadros explicativos e pequenas biografias de notáveis brasileiros ligados, de uma forma ou de outra, à questão da preservação ambiental ou das intrínsecas relações entre o homem e o ambiente em que ele vive como Tom Jobim, Chico Mendes, Érico Veríssimo, Jorge Amado, Guimarães Rosa, entre outros. E até a gastronomia se faz presente! Vez ou outra aparecem sugestões de saborosos pratos concebidos com produtos típicos de certas regiões do país.

Outra boa sacada é a seção "Cartão-Postal Ameaçado". Nela, os autores procuram destacar os principais problemas ambientais (como poluição,
desmatamento, descaso dos órgãos públicos, ocupação irregular, entre outros) que afetam oito das mais belas paisagens naturais brasileiras. Entre elas estão o Parque Nacional da Serra da Capivara no Piauí, a Baía de Guanabara no Rio de Janeiro, o Arquipélago de Anavilhanas no Amazonas e a Serra do Amolar no Pantanal.

Por abordar temas "quentes", constantemente debatidos na mídia e nas salas de aula, o Almanaque do ISA é uma importante obra de referência para ambientalistas, formadores de opinião, professores de primeiro e segundo graus e estudantes em geral. De quebra, o leitor ainda ganha um pôster que revela os principais efeitos das insensatas ações humanas sobre o território brasileiro e dez ensaios fotográficos "de cair o queixo", feitos por craques das lentes como Araquém Alcântara, Iatã Canabrava, Zig Koch, Roberto Linsker, Pedro Martinelli e Sebastião Salgado.

Detalhes:
Livro em Português
Brochura
552 pág.
tamanho físico: 23x16 cm
peso: 0,96

Almanaque Brasil Socioambiental