Sapo Boi - cerâmica - MG

Sob encomenda

Disponível

Loading Atualizando a cesta...

Associação de artesãos de Coqueiro Campo - A atividade representa mais do que uma alternativa de subsistência. Da retirada da matéria-prima até a sua transformação em objeto, as artesãs lançam mão de um saber transmitido oralmente por suas avós, mães, tias e sogras. Memória coletiva essa que evoca relações simbólicas, que sustentam a história e tradição local.

Os trabalhos com barro no Vale iniciaram-se com a confecção de peças utilitárias que eram feitas pelas mulheres chamadas de paneleiras. A tradição manteve-se através das gerações .Com o passar do tempo passaram a produzir peças decorativas “de enfeite” como dizem. Figuras humanas, animais, cenas do cotidiano, tipos, usos e costumes da região.

No processo usam rudimentares fornos a lenha, a técnica dos roletes (cobrinhas) ao invés do torno de oleiro, placas e toscas ferramentas. Os pigmentos usados na decoração (pinturas) são naturais extraídos dos barros encontrados nas muitas jazidas de argila da região.

O tema: O sapo boi é um elemento antropomorfo criado pelas próprias artesãs da comunidade. Nem elas mesmas sabem explicar porque resolveram moldar no barro um boi sobre um sapo, mas fato é que se simpatizaram com o resultado e começaram a reproduzir. Os sapo bois são hoje uma tradição da região

Medida: 12 x 8 x 8 cm

Para ver os vídeos , click aqui

Tags: , , , , , ,

Sapo Boi – cerâmica – MG
Sapo Boi – cerâmica – MGSapo Boi – cerâmica – MG
Sapo Boi – cerâmica – MGSapo Boi – cerâmica – MG