Cerâmica do Vale do Jequitinhonha. MG

Cerâmica do Vale do Jequitinhonha – Coqueiro Campo, MG

Coqueiro Campo é uma localidade do município de Minas Novas, integrante do Vale do Jequitinhonha, a nordeste de Minas Gerais, mas Buriti, comunidade rural da qual faz parte, é município de Turmalina. Nessa região de limites incertos, habita um grupo de ceramistas, em sua maioria vindas do bairro vizinho de Campo Alegre (Turmalina), onde aprenderam o ofício com suas mães, tias e avós.
Veículo de expressão do sentimento do belo, além de recipiente para usos variados, a cerâmica produzida em Buriti/Coqueiro Campo é profusamente decorada de flores e folhas, elementos a mais em um jogo de formas arredondadas e tonalidades extraídas da terra — do branco ao marrom avermelhado. Fruto de um longo e delicado processo que envolve a coleta do barro, a sua transformação em argila, a modelagem, secagem, decoração e queima, essa cerâmica é testemunho de um certo modo de vida, de descoberta tecnológicas e adaptações específicas, de padrões estéticos próprios.

Projeto desenvolvido pelo ArteSol em 2000 e entre 2002 e 2003

Ver cerâmicas

Deuzani Gomes dos santos – Minas Novas – Vale do Jequitinhonha- MG

“Aprendi com minha mãe. A gente tira o barro e cada tipo, depois de queimado, dá uma cor: o preto fica branco, o amarelo fica vermelho e o verde fica marrom. Aí a gente vai misturando. Quero muito que minhas filhas aprendam a fazer artesanato, porque trabalhar para os outros é muito difícil e o artesanato deixa a gente mais independente” – Deuzani Gomes dos Santos