Timbó-cipó, é um cipó trepador muito conhecido no norte do Brasil. Entre as plantas identificadas com essa sinonímia encontram-se os agentes ictiotóxicos .É uma planta narcótica e venenosa, que não se utiliza internamente. Externamente se utiliza o timbó, em forma de compressas para aliviar dores.

As suas raízes são também utilizadas no tratamento do fígado, afecções nervosas, ovários, cólicas uterinas, prisão de ventre, dores de cabeça. Os homeopatas a utilizam para tratar diversas moléstias.

Os Indígenas usam o Timbó que intoxica e atordoa os peixes, tornando-os presas mais fáceis. A eficácia deste método é atestada por um testemunho  quinhentista que informa que uma unica operação desse tipo “eram apanhados mais de 12 mil peixes grandes”

 Click aqui para ver o cesto usado nesta pescaria para carregar os peixes