A Baobá é um projeto de valorização da tecelagem artesanal que produz artigos com matérias-primas orgânicas ou recicladas. Suas atividades concentram-se na Fazenda Rancho Grande, em Espírito Santo do Pinhal, interior de São Paulo.

A coordenação do trabalho está a cargo da historiadora Daniela Moreau.

O projeto Baobá surgiu em 1995, com o objetivo de unir a linguagem do artesanato tradicional (inicialmente a da tecelagem manual) com as especificidades / necessidades da vida contemporânea. A criação de empregos onde as pessoas pudessem exercer seu potencial criativo e o uso de técnicas de produção não prejudiciais ao meio ambiente formam as diretrizes que orientaram o projeto.
Proposta: – Produzir artigos de qualidade e beleza, que valorizem a prática artesanal como linguagem. – Gerar empregos onde os indivíduos possam exercitar seu potencial criativo. – Utilizar matérias-primas naturais, como a seda e o algodão orgânico*, ou revalorizadas, como o PET reciclado*. – Assumir responsabilidade sobre todos os resíduos gerados na produção, para que
sejam reaproveitados ou reciclados.

Ver produto ¹